O que são Alimentos Orgânicos? Por que são mais saudáveis?



Saiba aqui o que são Alimentos Orgânicos e por que eles são mais saudáveis.

Alimentos orgânicos têm se tornado cada vez mais frequentes na mesa das famílias brasileiras. Isso se deve à sua popularização, que os tornou mais conhecidos e acessíveis.

Entenda o que são esse grupo de alimentos e por que motivos são uma opção mais saudável a outros tipos.



O que são alimentos orgânicos?

A principal característica – e mais relevante – é que esses são alimentos livres de agrotóxicos. Sua produção se dá de forma orgânica, ou seja, sem uso de substâncias químicas para controle de pragas e mudança na estrutura de seu DNA.

E isso não vale apenas para vegetais, produtos de natureza animal também podem ser orgânicos. Nesse caso, a dieta dos rebanhos não recebe hormônios, antibióticos ou quaisquer substâncias que possam trazer prejuízo para a saúde do consumidor final.



Além desses requisitos, também é exigido que, durante todo o processo de produção, ele não cause nenhum dano ao meio ambiente.

Alimentos orgânicos são, portanto, aqueles produzidos sem o uso de agentes químicos, aliados da sustentabilidade e com menos riscos à saúde de quem os consome. Para entender melhor porque são mais saudáveis, entenda os riscos dos agrotóxicos e de outras substâncias.

O que é um agrotóxico?

Os agrotóxicos são produtos químicos usados em lavouras, pomares, hortas e plantações de modo geral, que têm a função de eliminar e afastar insetos ou outras pragas que possam prejudicar a qualidade dos alimentos.
As colheitas são maiores e os produtos ficam mais bonitos para serem vendidos. Isso é uma boa opção para quem pensa nos benefícios econômicos. Por outro lado, quem consome o produto corre o risco de desenvolver diversas doenças.

Leia também:  Mirtilo - Benefícios da Fruta para a Saúde

Por que os alimentos orgânicos são mais saudáveis?

De acordo com informações do Ministério da Saúde, o consumo de alimentos cultivados sob o uso de agrotóxicos pode causar doenças, como insuficiência renal, arritmia, alergias e câncer.

Além disso, quem compra esses tipos de produtos incentiva a prática e coloca a saúde do planeta em risco. Diariamente aviões lançam agrotóxicos em plantações inteiras. Parte do produto se espalha pelo ar e atinge o solo, as árvores, os animais e famílias inteiras que moram em áreas de plantio.
Optar pelos alimentos orgânicos evita o desenvolvimento de doenças, estimula a alimentação saudável, incentiva atitudes sustentáveis e fortalece uma nova cultura alimentar no país.

Como encontrar alimentos orgânicos?

Existem feiras livres que vendem apenas produtos dessa natureza. Uma breve pesquisa no seu município revelará os locais onde você poderá encontrá-los. Grandes centros de abastecimento e distribuição também são uma alternativa.

Identificar um alimento orgânico é simples, todos eles possuem algum selo informativo, seja na casca ou nas suas caixas de armazenamento. Suas características também podem ser peculiares, sendo menos atraente aos olhos e menos brilhosos.
Alimentos de natureza animal são identificados pelo vendedor. No açougue, solicite informações a respeito da procedência para se certificar de que são produtos orgânicos.

Dica: 3 alimentos orgânicos para implementar na sua rotina

  • Açúcar – consumido diariamente por crianças e adultos, é um dos produtos que pode ser encontrado na forma orgânica. Seu impacto na saúde é mais brando e diminui o risco de doenças crônicas causadas pelo consumo excessivo.
  • Soja – é um dos grãos mais vendidos dentro e fora do país. A opção orgânica se tornou interessante nos últimos anos, principalmente, devido ao aumento nos preços das carnes.
  • Cacau – chocolates que têm como base o cacau orgânico, além de mais saudáveis, são mais saborosos e trazem consigo a maior parte dos nutrientes da fruta.
Leia também:  Alcaparras - Benefícios para a Saúde

Conclusão

Alimentos orgânicos são uma opção mais saudável para a alimentação por serem livres de produtos químicos e agrotóxicos, principais causadores de doenças crônicas e câncer. Incentivar seu consumo é também lutar por uma economia mais sustentável e melhor qualidade de vida para todos.

Texto de Ana Bárbara

Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *