Jejum intermitente: é possível perder peso de forma saudável?

Jejum intermitente é uma prática alimentar em que as pessoas alternam entre períodos de jejum e de alimentação normal.

A duração do jejum e da alimentação normal varia, mas alguns dos métodos mais comuns incluem jejuns de 16 horas seguidos de 8 horas de alimentação ou jejuns de 24 horas, uma ou duas vezes por semana.

O jejum intermitente é promovido como uma maneira de ajudar a perder peso, melhorar a saúde metabólica e aumentar a longevidade.

Quais as vantagens do jejum intermitente

Uma das principais vantagens do jejum intermitente é a sua eficácia na perda de peso. Quando se jejua, o corpo é forçado a utilizar suas reservas de gordura para obter energia, ajudando a reduzir o tecido adiposo. Além disso, o jejum intermitente pode ajudar a aumentar a sensibilidade à insulina, contribuindo para regular os níveis de açúcar no sangue e prevenir ou controlar a doença do tipo 2 diabetes.

Outro benefício do jejum intermitente é a melhoria na saúde metabólica. O jejum pode ajudar a regular as enzimas envolvidas na produção de energia, o que pode melhorar a saúde do fígado e ajudar a prevenir doenças hepáticas. Além disso, o jejum intermitente pode ajudar a regular a produção de hormônios, como o cortisol e a insulina, o que pode ter um impacto positivo na saúde geral.

O jejum intermitente também tem sido associado a melhorias na saúde do cérebro. O jejum pode ajudar a aumentar a produção de neurotróficos, como a proteína BDNF, importante para a saúde do cérebro e para a prevenção de doenças neurodegenerativas, como a doença de Alzheimer. Além disso, o jejum intermitente pode promover a melhora da função cognitiva, incluindo a concentração e a memória.

Por fim, o jejum intermitente pode ajudar a aumentar a longevidade. Estudos em animais sugerem que essa prática auxilia contra o envelhecimento e preveni o desenvolvimento de doenças relacionadas à idade.

Cuidados ao fazer o jejum intermitente

Ao fazer jejum intermitente, é importante considerar os seguintes cuidados:

  1. Hidratação: É importante manter-se hidratado durante o jejum, bebendo muita água e outros líquidos saudáveis, como chás e sucos.
  2. Alimentação: Durante a janela alimentar, é importante comer uma dieta equilibrada, rica em proteínas, gorduras saudáveis e vegetais.
  3. Escolha do jejum: Escolha o tipo de jejum intermitente adequado para o seu estilo de vida e objetivos de saúde.
  4. Evite o jejum prolongado: Não é aconselhável jejuar por períodos prolongados, pois isso pode levar a desequilíbrios nutricionais e comprometer a saúde.
  5. Consulte um profissional de saúde: Se você tem uma condição médica preexistente, é importante consultar um profissional de saúde antes de começar a fazer jejum intermitente.

Lembre-se que o jejum intermitente pode não ser adequado para todos e é importante avaliar sua saúde e objetivos antes de começar.

Por Denisson Soares

Compartilhe

Posts Recentes

Como o sal pode afetar drasticamente o organismo

Na trajetória humana, poucos elementos foram tão valiosos quanto o sal, chegando a ser utilizado… Leia Mais

Qual o segredo para ter noites de sono restauradoras?

Descubra como a escolha certa de colchões, roupas de cama e um ambiente acolhedor podem… Leia Mais

Drinks refrescantes com hortaliças para o Verão

O verão traz consigo um clima que pede bebidas refrescantes e momentos de descontração. Para… Leia Mais

Liofilização é uma revolução na conservação de alimentos

O que é a Liofilização e como ela transforma os alimentos? Você já se deparou… Leia Mais

Incentivando hábitos saudáveis através de ideias criativas para crianças

Promover a alimentação saudável em crianças é um desafio constante para muitos pais e educadores.… Leia Mais

O que é a MonkeyPox e quais os sintomas comuns?

Monkeypox é uma doença infecciosa viral que ocorre principalmente em áreas da África Central e… Leia Mais