Benefícios dos Exercícios Físicos em Diabéticos



Confira aqui a importância dos exercícios físicos para pessoas diabéticas.

Para pessoas que sofram com a diabete, os exercícios físicos funcionam como remédios, conforme afirma o endocrinologista e pesquisador da Faculdade de Medicina da cidade de Ribeirão Preto, da USP, Carlos Eduardo Barra Couri. O endocrinologista conta que diversos de seus pacientes deixaram de precisar fazer uso de insulina após começarem a praticar exercícios físicos.

Outra pesquisa que ajuda a entender a relevância da prática de exercícios para lidar com a diabetes foi a realizada pela Universidade Estadual Paulista, na cidade de Presidente Prudente, no estado de São Paulo. Esta pesquisa revelou que pessoas diabéticas que não praticam exercícios físicos tiveram um gasto financeiro em média 63% maior com gastos médicos e compra de medicamentos quando comparados com pessoas diabéticas que têm o hábito de praticar exercícios.



A pesquisa foi realizada com 121 pacientes – nenhum deles era esportista profissional. Para identificar os participantes que seriam enquadrados como “praticantes regulares de atividades físicas” os pesquisadores consideraram qualquer atividade que minimamente impactasse sobre o corpo dos pesquisados, desde caminhadas leves para ir pegar o ônibus e até caminhadas que sejam praticadas no local de trabalho dos pacientes, indo e voltando de uma sala a outra, por exemplo. A professora de educação física Jamile Codogno, uma das pesquisadoras responsáveis por este trabalho, afirma que se as pessoas com diabetes fizessem um mínimo de programação de exercícios físicos, poderiam economizar mais ainda e, claro, também apresentar uma melhora em seu quadro de saúde.

Uma das razões para que os exercícios ajudem pessoas com diabetes reside no fato de que a prática de exercícios influi diretamente sobre a glicose em excesso no sangue da pessoa. Isto porque quando se pratica atividade física há um estímulo acerca da produção de GLUT-4, proteína que faz com que a glicose excedente que vai para o sangue volte para dentro da célula, diminuindo assim, a quantidade de insulina necessária para absorver o açúcar. Além disso, a prática regular de exercícios também diminui os índices da pressão arterial, reduz o colesterol e também facilita o emagrecimento.

Leia também:  Alimentos que aumentam a fertilidade e o desempenho sexual do homem


Outra pesquisa, esta realizada na Suécia com 15.642 pessoas diabéticas, identificou que, em um período de cinco anos, os participantes que praticavam atividades físicas regulares apresentaram menor risco cardíaco, embora não tenham apresentado perda de peso. Porém, as atividades não podem ser praticadas apenas de vez em quando, em intervalos de 15 dias, por exemplo, precisa ser constante, pois se a pessoa não praticar exercícios, seu índice glicêmico irá subir.

Os protocolos acerca da prática de exercícios para pessoas com diabetes estão estabelecidos e são seguros, conforme afirma Jamile, porém, é sempre indispensável agendar uma consulta com o médico para que ele possa avaliar se está tudo em ordem com o corpo do paciente. Após receber um diagnóstico positivo do médico, é importante buscar um profissional de educação física para que ele possa auxiliar, melhor ainda se este profissional já tenha experiência com pessoas diabéticas.

Durante o treino também é necessário tomar certos cuidados, pois pessoas que fazem uso de insulina e outros remédios que auxiliam a diminuir a quantidade de açúcar no sangue precisam sempre medir seu índice glicêmico antes dos treinos. O ideal é que este índice esteja acima de 100 mg/dl. Caso esteja abaixo disso, é necessário cuidado, uma vez que o exercício ajuda a diminuir ainda mais este índice. Por isso é importante atenção, e o praticante deve ingerir algum alimento para ajudar a subir seu índice de glicemia. A medição do índice glicêmico deve ser constante tanto durante o treino quanto após ele, para evitar qualquer problema. É importante também monitorar os pés, pois caso haja alguma ferida, é necessário interromper a atividade e só retomá-la quando a ferida sarar.

Leia também:  Whey Protein: O que é e Para que Serve?

Assim, tomando os devidos cuidados, pessoas com diabetes podem e inclusive devem práticar constantemente atividades físicas.

Sabrina Ferraz Fraccari

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *