Dieta Mediterrânea – O Que é, Como Fazer, Cardápio



Confira aqui todos os detalhes sobre a Dieta Mediterrânea.

A Dieta Mediterrânea possui como foco principal a mudança no estilo de vida, priorizando o consumo de bons alimentos, alimentos de verdade, evitando a todo custo os alimentos processados e industrializados.

Para entender melhor como funciona a Dieta Mediterrânea, é só percebermos como é a vida dos moradores da região banhada pelo mar mediterrâneo. Todos têm muita qualidade de vida, expectativa de vida longa saudável e bons hábitos alimentares, fora que o índice de doenças é muito baixo, ou quase nenhum.



Tudo isso nos leva a ter certeza de que para se ter uma melhoria na saúde, devemos primeiro, fazer uma modificação na alimentação.

A Dieta Mediterrânea é uma dieta rica em gorduras boas, frutas, leguminosas, cereais, grãos, hortaliças e tudo mais natural possível. Já as carnes vermelhas e as aves podem ser consumidas, porém, com muito cuidado e moderação. Os derivados da uva estão liberados em quantidade razoável, então, para os adeptos de bebida alcoólica, pode se consumir um pouco de vinho em dose diária.



A Dieta Mediterrânea ficou famosa exatamente por ser uma dieta onde existe a mudança do estilo de vida, agregando saúde com a mudança do corpo e a busca pela silhueta ideal.

Em um estudo denominado Estudo de Lyon em Doenças Cardíacas, estudo esse feito com 605 pacientes que tinham sido acometidos por enfarte do miocárdio. Os pacientes foram divididos em dois grupos, no qual o primeiro grupo fez uso de uma dieta de controle similar a uma que foi orientada pela American Heart Association e o outro grupo participou da Dieta Mediterrânea.

De cara, o resultado já trouxe inúmeros benefícios para os pacientes, visto que eles melhoraram o seu estilo de vida e a sua alimentação, com consumo de peixes, frutas e verduras. Também foi notório a diminuição do consumo de açúcares, carnes gordas e gorduras ruins para o corpo. A longo prazo, pode-se verificar a diminuição nesse grupo que participou da Dieta Mediterrânea, de problemas de saúde, bem como problemas de coração e inclusive de mortes decorrentes desses problemas.

Leia também:  Dieta Mediterrânea - O Que É, Como Fazer, Benefícios

Como seguir a Dieta Mediterrânea:

  • Fazer uso de alimentos saudáveis, como por exemplo, frutos do mar e peixe, pois são fonte essencial de ômega 3 e de proteínas. A ômega 3 ajuda também, no combate de inflamações, radicais livres, doenças crônicas, doenças do coração e auxilia na melhoria da circulação do corpo;
  • Não utilizar alimento processados, ultra processados e industrializados, devendo manter a alimentação de maneira mais natural possível, evitando assim, o ganho de peso de maneira indesejada e as inflamações do corpo;
  • Faça uso de gorduras boas, como por exemplo, o azeite e o abacate. Esses alimentos têm a função de prevenir doenças coronárias e de controlar o colesterol do corpo;
  • Faça uso de alimentos integrais, pois devido as suas fibras, minerais e vitaminas, esses alimentos ajudam o funcionamento do corpo, principalmente no funcionamento do intestino, melhorando unha, pele e cabelo e evitando a prisão de ventre;
  • Faça uso de frutas e verduras diariamente, pois são elas que fornecerão ao corpo as vitaminas, as fibras e os minerais que o organismo exige, auxiliando assim na perda dos pesos extras;
  • Faça uso moderado dos leites e seus derivados, e caso deseje utilizá-los, utilize na forma desnatado, evitando o consumo excessivo de gordura. Dê preferência pelos queijos brancos e por versões light dos alimentos escolhidos;
  • Faça uso de proteínas de maneira inteligente, as carnes vermelhas deverão ser evitadas e as brancas, deverão ser consumidas apenas uma vez na semana. Ao invés disso, consuma ovos, peixes e grãos, esse último tem o poder de oferecer boas doses de proteínas;
  • Faça uso de água, sempre, para manter o corpo hidratado. O vinho é liberado a quantidade de uma taça por dia. Outra bebida alcoólica ou refrigerante não deve ser consumido de maneira nenhuma.
Leia também:  Dieta do Limão - Benefícios para a Saúde

Caroline Barreto Chagas Wurlitzer

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *