Dieta Whole 30 – O Que é, Como Fazer, O Que Comer



Confira aqui mais detalhes sobre a Dieta Whole 30.

A Dieta Whole 30 veio com força total para o mundo do crossfit, é um método que promete melhorar hábitos e estilo de vida e que foi criado pela nutricionista Melissa Hartwig e pelo médico Dallas Hartwig.

Para que aconteça a mudança esperada é necessário que o seguidor desse método abra mão, pelo período de 30 (trinta) dias, do consumo de alimentos inapropriados. Sai então tudo que possa inflamar, inchar, atrapalhar o sono ou o humor, dar indigestão, dores de cabeça relacionada a enxaquecas ou então alimentos que possam ser alérgicos.



O que se deve consumir na Dieta Whole 30?

  • Frutas
  • Vegetais
  • Carnes
  • Frutos do mar
  • Ovos
  • Sucos de frutas
  • Utilizar as próprias frutas para adoçar os preparos culinários
  • Gorduras boas, como por exemplo, o abacate
  • Oleaginosas
  • Azeite
  • Sementes
  • Manteiga ghee
  • Legumes
  • Vinagres, dentre eles, os de sal, de arroz, de vinho branco, de cidra de maçã e o balsâmico

O que não se deve consumir na Dieta Whole 30?

  • Não se deve ingerir nenhum tipo de açúcar natural ou artificial, isso inclui também o mel
  • Não se deve ingerir nenhum tipo de adoçante
  • Não se deve ingerir bebidas alcoólicas nem mesmo em preparos de alimentos
  • Não é permitido comer farinhas, grãos, aveia, milho, quinoa, arroz e amido
  • Não ingira leguminosas, incluindo nisso, as ervilhas, os feijões, a lentilha, a soja, o grão de bico e o amendoim
  • Não ingira nenhum alimento que contenha na sua composição soja
  • Não ingira leite e nenhum de seus derivados
  • Não se deve mastigar goma de mascar

Um dos maiores desafios da Dieta Whole 30 é o fato de que nesse período de 30 (trinta) dias, o paciente não deve de maneira nenhuma se pesar em uma balança, pois o foco principal da dieta não é o de perda de pesa e sim, a mudança de estilo de vida e o entendimento e conhecimento do próprio corpo. A Dieta Whole 30 tem como princípio fundamental fazer com que o paciente saiba de maneira exata qual o resultado de cada determinado alimento no organismo.

Esse período de 30 (trinta) dias, é o tempo exato para que haja uma total desintoxicação no corpo de que está seguindo a dieta e com isso, ir percebendo toda a mudança que a troca da alimentação vai oferecendo ao corpo e, principalmente, a saúde do paciente e isso, reflete na pele, nos cabelos e também, na mudança do peso.



No decorrer desses 30 (trinta), o seguidor do método Whole 30, vai tendo um relacionamento um pouco melhor com a comida, e, vai entendendo que se alimentar não é só ingerir comida e ponto. O autoconhecimento é fundamental nesse processo, saber o que pode ser o responsável por aquela enxaqueca recorrente, ou aquelas crises alérgicas que não curam nunca, ou ainda então, descobrir o porquê de estar sempre com uma sensação de inchaço. Tudo isso, tem uma ligação direta com o que ingerimos, então, a partir do momento que sabemos o que estamos colocando para dentro, de forma consciente, e sabendo qual o resultado que determinado alimento traz para o seu corpo, tudo fica muito mais fácil e reflete na saúde, na forma física e na mente.

No fim desses 30 (trinta) dias, aos poucos os alimentos que anteriormente haviam sido eliminados, vão sendo incluídos novamente na dieta cada um por sua vez, de maneira cautelosa, vendo como o organismo vai reagindo a cada ingestão de um novo alimento que havia sido retirado.

O paciente deverá analisar a reação de cada alimento em seu organismo, e, com isso, ele poderá montar a sua própria dieta, sabendo quais são os alimentos que lhe faz bem e os que lhe faz mal.

Caroline Barreto Chagas Wurlitzer

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *