Pasta de Amendoim – Como Usar, Cuidados e Benefícios para Saúde



Saiba aqui os prós e contras da Pasta de Amendoim para a saúde.

Se popularizando cada vez mais no Brasil, nos últimos anos a manteiga ou pasta de amendoim passou a fazer parte do cardápio do brasileiro. Os principais consumidores deste produto são pessoas adeptas dos exercícios físicos, que procuram um alimento que possa lhe proporcional uma energia extra.

Bastante popular nos Estados Unidos, este alimento começou a ganhar popularidade durante a Segunda Guerra Mundial. Nesta época, a falta de alimento, principalmente nas frentes de batalha, fizeram com que surgisse a necessidade de um alimento barato e que fornecesse calorias e proteínas para a população, até mesmo as crianças.



Inicialmente, as fabricantes da época decidiram acrescentar açúcar na pasta para conquistar o gosto do público, que continuou consumindo o produto mesmo após o fim da guerra.

Hoje em dia, uma pasta de amendoim totalmente in natura ou com amendoim torrado oferece vitamina E, potássio, magnésio e ainda é um excelente antioxidante.



De acordo com a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (Taco), 100 gramas de pasta de amendoim contam com cerca de 27 gramas de proteínas, o que é cerca da metade da dose diária recomendada para uma pessoa adulta. Com isso, este alimento acaba se tornando uma ótima opção para quem quer preservar a sua massa muscular.

Além disso, a Vitamina E presente na pasta também ajuda a reforçar a nossa imunidade, reduzindo assim os riscos de desenvolver câncer.

Já a gordura em sua composição é rica em carboidratos simples, que auxilia no controle do açúcar no sangue.

Um detalhe importante de se lembrar sobre o amendoim é que ele possui uma digestão lenta. Devido a isso, é indicado que a pessoa consuma o produto com uma antecedência de 4 a 5 horas antes de ir para a academia.

Como Usar

Muita gente possui dúvida de como consumir a pasta de amendoim. Se você também é uma delas, saiba que o produto combina bastante com pão, frutas e tapioca.

Cuidados

Por ser extremamente calórica, é aconselhado que as pessoas não consumam o alimento em excesso. Isso porque caso exagere há um grande risco do peso da pessoa aumentar.

É recomendado que se use apenas de 30 a 40 gramas de pasta de amendoim por dia, isso dá algo em torno de 2 colheres de sopa da pasta.

É preciso tomar cuidado também com produtos sem o selo Pró-Amendoim. Este selo garante a qualidade da pasta de amendoim e diminui as chances do produto ter aflatoxina, substância cancerígena que é produzida por um fungo e que pode contaminar o alimento.

Outro cuidado que deve ser tomado é que a pasta de amendoim é um dos grandes responsáveis pelas alergias alimentares nos Estados Unidos. Por isso, ao consumir o produto, você deve ficar atento a alguns sintomas: como inchaço, diarreia, dificuldade de respirar e erupções na pele. Caso tenha um destes sintomas, é possível que você tenha alergia a amendoim e por isso é indicado deixar de consumi-lo.

Pasta de Amendoim x Outros Produtos para Passar no Pão

  • Manteiga: Neste caso o amendoim possui quase 70% mais proteína, além de contar com fibras e carboidratos. Além disso, a pasta de amendoim não possui o colesterol que está presente na manteiga.
  • Geleia: Embora tenha o dobro de carboidratos da pasta de amendoim, a Geleia não possui gorduras e proteínas que possam saciar q fome da pessoa.
  • Requeijão: Neste caso, o requeijão possui metade das calorias da pasta de amendoim, além de ter cálcio, coisa que a pasta de amendoim não tem.
  • Creme de Avelã: A quantidade de calorias praticamente empata com a pasta de amendoim. Apesar disso, o creme de avelã possui 5 vezes menos proteínas, além de ter o triplo de carboidratos. Não bastasse isso, a gordura presente no amendoim também é de boa qualidade e faz bem a saúde.

Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *