Benefícios do Almeirão para Saúde



Veja aqui os principais benefícios do Almeirão para a nossa saúde.

Rico em fibras, com poucas calorias e muito fácil de encontrar, o almeirão pode ser o vegetal estrela dentro da cozinha dos brasileiros. Além de fazer muito bem para a saúde, também é um alimento barato e ideal para compor as refeições na nossa rotina.

De uma maneira geral, a quantidade de fibras que precisa ser ingerida por dia é em torno de 100 gramas, isso representa aproximadamente 2,5 vezes mais do que porção de alface americana. As fibras são responsáveis por melhorar o funcionamento do intestino, por serem ricas em vitaminas A, B1, B2, B5, C, ferro, magnésio, cálcio e fósforo, e muitos outros aminoácidos.



Para saber mais sobre o almeirão e quais os benefícios desse vegetal com a saúde, continue lendo.

Faz bem para a saúde dos olhos

O almeirão, devido a sua gama de vitaminas, ajuda a aumentar a produção de energia, e as vitaminas B1, B3 e B2 são ideais para manter a saúde dos olhos, ajudando a afastar várias doenças como a catarata. Quando consumido cru, suas fibras equivalem a 11% das necessidades diárias.



Ajuda no emagrecimento

Se você está em busca de perder peso, incluir o almeirão na sua alimentação diária pode te ajudar durante o processo. É um vegetal com baixíssimas calorias, sendo que 100 gramas de folhas equivalem a 18 calorias quando está cru, ou 65 quando as folhas são refogadas.

Musculatura forte

O nosso organismo e os músculos precisam de energia para funcionar corretamente. As vitaminas B1 e B3 que estão presentes no almeirão facilitam esse processo, e por isso, ingerir ele nas refeições diárias faz com que seus carboidratos sejam transformados em glicose (energia), que ajuda a manter o corpo ativo. Quando não há a presença dessas vitaminas no organismo, o indivíduo consegue notar uma fraqueza muscular.

Leia também:  Funções das Vitaminas no Organismo - Alimentação Saudável

Rico em fibras

As fibras são responsáveis por garantir uma boa manutenção e funcionamento do intestino. A falta dessa substância no organismo pode acarretar em problemas como a prisão de ventre, por exemplo.

O almeirão, quando ingerido refogado, em 100 gramas de folhas, pode contar com até 3,4 gramas de fibras, cerca de 14% do que é recomendado diariamente. Quando consumido cru, esse valor cai um pouco, para 10% do que é recomendado diariamente. Mas é importante lembrar que para que as fibras funcionem perfeitamente e da melhor maneira no organismo, é preciso fazer ingestão de água regularmente.

Ajuda com as cãibras

Quem sofre com cãibras pode apostar na ingestão de mais almeirão no dia a dia. O vegetal é rico em potássio, que atua no processo da contração e do relaxamento muscular. Em 100 gramas de folha, há cerca de 369 mg de potássio, que remete a 11% da quantidade diária recomendada.

Por que o almeirão é tão amargo?

O que dá o gosto amargo para o almeirão são algumas substâncias que estão presentes no vegetal, como a lactupicrina e alactucina, que também são conhecidas por fazer bem para a saúde, inclusive, possuem propriedades analgésicas.

Ainda não há comprovação científica, mas acredita-se que o uso terapêutico do almeirão é altamente benéfico pelo seu potencial analgésico. De acordo com um estudo realizado com camundongos, o consumo do almeirão mostrou ter efeitos analgésicos semelhantes ao ibuprofeno.

Além de ser um alimento altamente nutritivo, traz diversos benefícios para a saúde e também é barato, o que facilita o acesso. O almeirão também pode ser incluído em diversas receitas, principalmente para quem não gosta muito do sabor amargo do vegetal. O uso dele em sucos verdes e saladas com temperos variados, ajuda a introduzir o alimento, mesmo para quem não é muito adepto de consumir folhas no dia a dia.

Leia também:  Proteínas - Benefícios à Saúde

Por: Susan NogArt

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *