Como Diminuir a Vontade de Comer Dentro de Casa



Confira aqui algumas dicas para reduzir a vontade de \”beliscar\” em casa.

A quarentena foi a medida de segurança indicada para todos os brasileiros. Alguns estados levaram essa atitude muito a sério, e isso realmente é o melhor a se fazer. Porém, ficar trancado dentro de casa não é algo muito legal, e logo bate aquela ansiedade e falta do que fazer. A maioria das pessoas acabam descontando na comida ou até mesmo em petiscos. E com essa nova atitude, muitas pessoas estão engordando. Nesse artigo vou dar 11 dicas para driblar a vontade de beliscar o tempo todo, e impedir o aumento de peso nessa quarentena.

Conheça as agora as 11 dicas para não beliscar o dia inteiro nessa quarentena.

1- Controle sua ansiedade sem comida



Muitas pessoas que sofrem de ansiedade estão tendo mais crises nessa quarentena. Essa é uma reação já esperada e aceitável. Porém, tentar burlar esse sintoma comendo o tempo todo não vai ajudar em nada. beliscar uma vez ou outra é até aceitável, mas não pode ser uma coisa frequente. Então em dias de crise de ansiedade o melhor é fazer algo prazeroso e que não seja beliscar. Que tal ouvir músicas que goste no último volume ou dançar enfrente ao espelho.

2- Faça muito sucos saborosos e deixe disponível na geladeira



Alguns sucos possuem ingredientes que fazem muito bem a nossa saúde. Muitas combinações agem diretamente para acalmar, dar sensação de prazer e saciedade. E vamos combinar que beber um suco bem geladinho é algo maravilhoso né mesmo? Que tal criar receitas novas e que ajudam a manter o corpo saudável.

3- Identifique se a fome é emocional ou não

Leia também:  Dicas para manter o corpo saudável no Carnaval 2011

Outra dica para não engordar nessa quarentena é identificando se a fome é real ou apenas emocional. Isso é bem simples de saber. Se for fome real, uma fruta ou uma porção de comida vai saciar. Agora se der vontade de comer besteira como pizza e Hamburguer é melhor avaliar com cuidado.

4- Cuide do seu sono

Ter uma noite de sono tranquila ajuda muito no controle do apetite durante o dia. Pois pessoas que dormem pouco, tendem a ter uma fome mais descontrolada. Principalmente em períodos de quarentena. O ideal é que se dura de 6 a 8 horas por dia. É claro que vai ter dias que vai se dormir mais ou menos. Mas a frequência é essa citada.

5- Crie uma rotina interessante

Muitas pessoas reclamam do tédio dentro da quarentena. Mas a melhor forma de não cair no tédio é criando uma rotina interessante para o dia a dia. Olhe ao seu redor e veja as coisas que não faz a muito tempo. Aposto que tem muita coisa dentro de casa para mudar e organizar. Faça aquela faxina que está programada a mais de um ano ou leia livros que estão guardados no armário.

6- Faça exercícios

Outra coisa que funciona muito nessa quarentena é fazer exercícios em casa. Além de queimar calorias, isso ajuda demais a passar o tempo e sair do tédio.

7- Assista séries novas

Que tal renovar a sua lista de séries nessa quarentena. Agora o tempo está sobrando, e é possível assistir vários episódios por dia.

8- Aprenda a fazer pratos saborosos e saudáveis

Outra dica para não ficar entediado nessa quarentena é aprendendo a fazer receitas saborosas e saudáveis. Hoje em dia existem muitas comidas leves e deliciosas.

Leia também:  Lupus - Tratamento e Cuidados

9- Mude os móveis de posição

Mudar os móveis de posição pode ser divertido e inovador. E também deixa o ambiente diferente, o que funciona muito bem em uma quarentena.

10- Siga novas canais no Youtube

Seguir novos canais no Youtube pode ser muito bom. Hoje em dia existe muitas pessoas com ótimos conteúdos e com vídeos de muitas visualizações.

11- Seja positivo

Livre a mente dos pensamentos negativos. Jogue fora tudo de ruim e se agarre as boas energias. Isso vai fazer muita diferença nessa quarentena.

Essas são as melhores dicas para quem não quer concentrar o pensamento em comida ou petiscos!

Escrito por Cristiane do Amaral

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *